O Cristão sem Cristo

Hoje em dia é muito comum encontrarmos pessoas se declarando cristãos, pessoas religiosamente dedicadas, e estou falando dos que são dedicados. Muito embora a maioria destas pessoas não tenha noção do real significado deste nome. Para compreendermos melhor precisamos voltar a Bíblia, e no livro de Atos  11:26, estamos na Cidade de Antioquia e lá os discípulos viviam dedicados a Cristo, e as pessoas daquela cidade observando-os perceberam que eram seguidores de Cristo e os denominaram cristãos.

Me parece ser dai que se origina este termo, porem ele só vai aparecer três vezes em todo o Novo Testamento. No entanto os seguidores de Jesus foram denominados discípulos. Jesus antes de acender aos céus ordenou aos seus apóstolos, “Ide e fazer discípulos” e  este termos vai aparecer mais de 250 vezes no Novo testamento. Então qual a importância de se distinguir entre cristão e discípulo? Bom de um modo geral todos que estão inseridos em qualquer uma das religiões da cristandade, desde o catolicismo até os evangélicos, todos são cristãos, e fazem tudo para viverem de acordo com sua religião, mesmo que muitas vezes tenha que excluir Deus e Sua palavra, o que importa é seguir a  religião. Em outras palavras viver a religião é: fazer de tudo para agradar a Deus. O discípulo se define por alguém que esta aprendendo continuamente com seu  mestre,  ele é um aluno que procura colocar em prática o que aprende. Ele faz de tudo para agradar seu mestre. Ele deseja fazer o que o mestre faz, imita-lo, seguir-lo. O discípulos deseja se relacionar diretamente com seus mestre, um relacionamento intimo e pessoal. Neste ponto podemos concluir que a vida de um discípulo é o resultado do seu relacionamento com o seu mestre. O discípulo de Jesus Cristo tem um compromisso com Ele, procura seguir a Ele. Quando se segui qualquer religião seja ela qual for, e esta religião toma a primazia de Deus, isso não vem de Deus. Quando seguimos um mestre que não Jesus, e dizemos que somos de Cristo, estamos mentindo. Os verdadeiros seguidores de Cristo vivem o cristianismo a cada dia de suas vidas, em um relacionamento intimo com o Seu Senhor. Eles são simplesmente discípulos de Jesus. Não são católicos, não são evangélicos, e nem são cristãos. Eles são DISCÍPULOS!

Sharing is caring!